Instituto ÇaraKura

Carregando...
Redes sociais:
RSS

Indicar página

XI Semana Cultural Indígena da Escola Itaty

Durante o mês de abril de 2016 foi realizada a XI Semana Cultural Indígena da Escola Itaty localizada no Morro dos Cavalos, Palhoça. O evento aconteceu entre os dias 11 e 18 de abril, período que antecede o Dia do Índio celebrado no dia 19. Para a comunidade Guarani do Morro dos Cavalos a data não tem importância no calendário, mas não há como dissociar essa data do interesse da população não indígena. Tradicionalmente neste período muitas escolas estudam a questão indígena e querem conhecer uma aldeia.

- Entendemos que seria importante aproveitar o momento. Além de dar visibilidade para nossa realidade, sentimos que a auto-estima da comunidade cresce muito, explica a cacique Eunice Antunes, orientadora pedagógica. (Fonte: Agência RBS).

  

Durante a semana foram realizadas capacitações, resgate da cultura, cerimônias, oficinas, observação astronômica e uma trilha temática no Morro dos Ancestrais. No dia 14 a equipe do Instituro ÇaraKura participou da trilha guiada pelo professor João Batista da escola Itaty, onde teve a oportunidade de conhecer o local da antiga aldeia Guarani. Foi observada a flora a partir da visão indígena e foram analisadas plantas sagradas, pau jacaré (Piptadenia gonoacantha) e a mamica de cadela(Zanthoxylum subserratum), utilizada para fabricação do petengua, o cachimbo Guarani.

  

Foto: Cachimbo Petengua 

                    

 

Foto: Pau-jacaré

No dia 15 de abril, a equipe do Çarakura realizou uma palestra sobre o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e abordou temas como limites do parque, uso e ocupação do solo e o avanço imobiliário na região. Além disso, por parte dos indígenas, foi apresentado um teatro sobre as plantas sagradas e o mito da criação.

Recentemente o povo que habita a Terra Indígena do Morro dos Cavalos teve uma grande vitória judicial no que se trata ao reconhecimento de suas terras. A Justiça Federal da Vara Ambiental de Santa Catarina deu, em fevereiro de 2015, parecer a favor da portaria declaratória que reconhece a Terra Indígena (TI) de Morro dos Cavalos como tradicionalmente ocupada por indígenas Guarani. “Para a comunidade essa decisão é de grande importância, pois é uma pessoa da lei que está dizendo. Por outro lado causa um pouco de revolta já que do ponto de vista do povo guarani não é necessário provar isso. Todo mundo sabe que aqui sempre foi terra tradicional guarani”, declara a cacique Eunice Antunes.

            O Povo Guarani possui uma cultura muito rica e sua extensão vai além do Brasil, ocupando áreas do Uruguai, Paraguai e Argentina. Para os povos indígenas, tudo tem um valor que vai além do pensamento de não indígenas, como a agricultura que é a atividade estrutural da vida comunitária nos Guarani. Além da alimentação, os Guarani também encontram na natureza matéria prima para produção de artesanatos como os da foto abaixo.

 

Comentários

Adicionar comentário