Instituto ÇaraKura

Carregando...
Redes sociais:
RSS

Indicar página

Histórico

Nossa história

Como tudo começou...

Percy Ney Silva, o “Ney”, nascido em São Paulo, capital, filho da paulistana Maria Conciglia Silva e do Catarinense Percy Silva aos dezenove anos ingressa no curso de Agronômia da Universidade Federal de Santa Catarina. O desejo de resgatar sua ancestralidade Catarinense, junto a sua vocação natural e habilidades perante o cuidado com a terra, culminaram na aquisição de 15 ha de terras, em outubro de 1978, no Canto do Moreira, Distrito de Ratones, com 300 metros de frente para o caminho de acesso para a Costa Lagoa até as vertentes do morro. Nesta época, a área era bastante desflorestada e atingida por queimadas em virtude dos intensos cultivos agrícolas. A caça e a extração de palmito eram praticadas de forma indiscriminada. Percy relata que em suas primeiras visitas a região, deparou-se com a caça de macacos, aracuãns, além de tatus e outros animais da fauna silvestre. Impedir a caça indiscriminada da forma como era praticada, foi sua primeira grande dificuldade após adquirir a posse das terras.

Na época de aquisição das terras, a nascente que atravessa a propriedade encontrava-se seca e desvitalizada, tendo água acumulada apenas nos períodos de chuva.

A busca pela recuperação do espaço natural , bem como estabelecer-se de forma integrada a natureza do lugar , fundamentaram a decisão de Percy em fixar-se neste local, o qual habita já a mais de 30 anos.

O intenso trabalho de recuperação da mata ciliar, o trabalho contra a caça, a inibição do uso de “coivara” (queimada do solo) e a edificação de sua morada natural , foram ações fundamentais nos primeiros anos de vivência do então estudante de agronomia, junto a floresta do Rio Ratones, bioma o qual a propriedade rural encontra-se inserida.

Após alguns anos, já eram visíveis os resultados sobre as intervenções em prol da recuperação da área. A nascente ganhando corpo d’água através da recuperação da mata ciliar e de pequenos represamentos, a floresta nativa se desenvolvendo, a perseguição aos animais já não era tão escandalosa...

Em março de 2007, Ney e sua companheira, a Pedagoga Andrea de Oliveira, junto a mais 20 amigos, fundam o Instituto ÇaraKura, uma ONG ambientalista, sem fins econômicos, formada por profissionais de diversas áreas, voltada ao desenvolvimento da Pesquisa Científica, Educação Ambiental e Proteção de áreas Naturais, tendo o Sítio ÇaraKura como sede administrativa e unidade experimental em tecnologias sociais.